BALTIMORE RAVENS – OFFSEASON 2013

Logo Baltimore Ravens - Futebol Americano NFL Pick6

O que mudou:

  • Sairam: Ray Lewis, ILB (aposentadoria); Ed Reed, S; Bernard Pollard, S; Cary Williams, CB; Paul Kruger, DE/OLB; Dannell Ellerbe, ILB; Brendon Ayanbadejo, ILB; Vonta Leach, FB; Dennis Dixon, QB; Anquan Boldin, WR; Bobbie Williams, G; Matt Birk, C (aposentadoria)
  • Contratados: Elvis Dumervil, DE/OLB; Daryl Smith, OLB; Rolando McClain, ILB; Michael Huff, S; Chris Canty, DE/DT; Marcus Spears, DE/DT; A.Q. Shipley, C
  • Continuaram: Joe Flacco, QB; Bryant McKinnie, OT; Ramon Harewood, OT; Dennis Pitta, TE; Ed Dickson, TE; Arthur Jones, DE; Chris Johnson, CB; James Ihedigbo, S
  • Draft:  32. Matt Elam, S, Florida; 56. Arthur Brown, ILB, Kansas State; 94. Brandon Williams, NT, Missouri Southern; 129. John Simon, DE/OLB, Ohio State; 130. Kyle Juszczyk, FB, Harvard; 168. Ricky Wagner, OT, Wisconsin; 200. Kapron Lewis-Moore, DE/DT, Notre Dame; 203. Ryan Jensen, G/OT, Colorado State; 238. Aaron Mellette, WR, Elon; 247. Marc Anthony, CB, California

 

Análise:

Joe Flacco Superbowl Baltimore Ravens - Futebol Americano NFL Pick6
Joe Flacco assinou um contrato milionário com o Baltimore Ravens depois de ter levado a equipe a conquista do Superbowl. (Robert Beck | SI)

E finalmente chegou a hora de falar sobre o campeão do Superbowl XLVII, o Baltimore Ravens. No ano passado o time começou um pouco mal a temporada, mas conseguiu reunir forças e crescer muito no final. Joe Flacco foi impecável nos playoffs, quando lançou para onze touchdowns e nenhuma interceptação. No Superbowl contra o San Francisco 49ers, o Ravens começou fulminante abrindo uma vantagem de 28 x 3 no placar, logo no começo do terceiro quarto. Mas a equipe permitiu uma reação de San Francisco, que encostou no placar e quase conseguiu virar a partida. Mas mesmo assim, o Ravens se sagrou o campeão batendo o time da Califronia por 34 x 31.

Antes de começar a offseason, Baltimore focou em renovar o contrato do quarterback Joe Flacco, logo após sua exibição de gala nos playoffs. Depois de um bom tempo de negociação, a equipe e Flacco chegaram a um acordo que vai pagar ao quarterback uma quantia de U$ 120.6 milhões por mais seis anos de serviço. Sendo que U$ 52 milhões são garantidos. O homem realmente mereceu essa grana toda depois de ter comandado a equipe na vitória do último Superbowl. Outra renovação importante foi a do left tackle Bryant McKinnie, que irá jogar pelo Ravens por mais duas temporadas. McKinnie foi o principal jogador da linha ofensiva durante os playoffs, protegeu muito bem o lado cego de Joe Flacco, evitando que o quarterback sentisse a pressão adversária.

Após a vitória na última temporada, a defesa do Ravens foi praticamente desfeita durante esta intertemporada. A estrela da equipe, Ray Lewis, anunciou sua aposentadoria e a partir de agora fará parte do grupo de comentaristas da ESPN. O safety e líder da secundária, Ed Reed, não renovou com o Baltimore e assinou um belo contrato com o Houston Texans. O seu parceiro, Bernanrd Pollard, também saiu do time e foi parar no Tennessee Titans. Com a saída de ambos, o Ravens terá uma dupla completamente nova de safeties no time titular. O outside linebacker Paul Kruger foi o melhor defensor do Ravens durante os playoffs, e por causa disso recebeu um ótimo contrato do rival de divisão Cleveland Browns. Dannell Ellerbe foi outro a deixa a equipe, e se juntou ao Miami Dolphins. Muitos viam Ellerbe como o sucessor de Ray Lewis na defensiva de Baltimore, mas pelo visto isso não vai acontecer e o Ravens vai ter que encontrar outro jogador para assumir a responsabilidade no time.

O ataque também teve boas baixas. O principal alvo de Joe Flacco, o recebedor Anquan Boldin, foi trocado com o San Francisco 49ers por causa de seu alto salário. Baltimore recebeu um escolha de sexta rodada pela troca. O fullback, Vonta Leach, também foi cortado da equipe pelo mesmo motivo e ainda não encontrou um novo lar. O center Matt Birk anunciou sua aposentadoria, forçando a equipe adquirir o center A.Q. Shipley do Indianapolis Colts através de um troca. Shipley vai disputará a vaga de titular com o segundo anista Gino Gradkowski.

Elvis Dumervil Baltimore Ravens - Futebol Americano 2012
Elvis Dumervil assinou com o Baltimore Ravens após do bizarro caso do Fax que chegou depois da hora. (Steve Dykes | Getty Image)

Apesar de todas as perdas, o Baltimore Ravens também fez boas contratações nesta intertemporada. A principal delas foi a do defensive end Elvis Dumervil, que irá jogar como outside linebacker no esquema 3-4 de Baltimore. Dumervil foi cortado do Broncos depois de seu agente não ter conseguido mandar um fax para o escritório da liga aceitando uma redução salarial dentro do prazo limite. O ex-jogador de Denver é um dos melhores da liga pressionando o quarterback, e vem fazer uma dupla assustadora com Terrell Suggs. O safety Michael Huff foi cortado do Oakland Raiders também por questões salariais, e resolveu se juntar ao Ravens. Vai acrescentar a falta de experiência deixada com a saída de Ed Reed e Bernard Pollard, e deve ser um dos titulares da equipe. Os jogadores de linha defensiva, Chris Canty e Marcus Spears, também chegaram para competir por tempo de jogo na rotação do time. Ambos irão dividir função com Haloti Ngata e Arthur Jones.

Com muitas escolhas no draft deste ano, o Ravens conseguiu fazer mais um bom trabalho este ano. Ainda pensando no grupo de safeties, Baltimore escolheu Matt Elam com a seleção do primeiro round. O jogador da Universidade da Florida é bastante atlético e joga com muita força, raramente evita o contato com o adversário. Graças a esse seu atletismo, pode jogar em qualquer uma das duas posições de safety, sendo bom contra o jogo aéreo e melhor ainda dando suporte contra o ataque terrestre.

Na segunda rodada, Baltimore selecionou o inside linebacker Arthur Brown. Brown chega com a difícil missão de substituir Ray Lewis no meio da defesa do Ravens. Apesar de não ter o tamanho ideal para a posição, o atleta compensa isso com bons instintos e grande capacidade de diagnosticas as jogadas. Também é implacável na hora de realizar os tackle, perdendo muitos poucos em sua carreira pela Universidade de Kansas State. Foi eleito o defensor do ano na divisão Big 12 em 2012.

Para a linha defensiva, a equipe escolheu o nose tackle Brandon Williams na terceira rodada. Williams foi eleito o defensor do ano da Divisão II do futebol universitário, jogando pela Universidade de Missouri Southern. Ele dominou os adversário durante toda a temporada, somando 65 tackles, 6.5 sacks e 5 fumbles forçados. Teve uma ótima performance no sênior bowl, competindo com atletas da primeira divisão do futebol, o que abriu os olhos dos scouts de vários times. Apesar de ser um jogador muito pesado, é bem ágil e tem facilidade de se infiltrar na linha ofensiva inimiga causando o colapso do pocket. Com certeza terá alguns minutos na rotação do Ravens. John Simon de Ohio State foi escolhido na quarta rodada. Terá que fazer a mudança de defensive end para outside linebacker no esquema 3-4 de Baltimore. Foi muito bem pressionando o quarterback durante sua última temporada na NCAA, totalizando nove sacks. Vai participar da rotação na hora de dar descanso a Terrell Suggs e Elvis Dumervil.

O fullback Kyle Juszczyk foi selecionado na quarta rodada. Desde 2005 nenhum atleta da Universidade de Harvard havia sido escolhido durante o draft, Ryan Fitzpatrick foi o último a realizar o feito. Juszczyk é um jogador versátil e pode ser alinhado tanto como fullback quanto como tight end. É um bloqueador competente, mas seu forte é recebendo passes. Consegue ganhar boas jardas após a recepção. Veio para substituir Vonta Leach.

Na quinta rodada o ofensive tackle Ricky Wagner foi selecionado por Baltimore. Wagner jogou dois anos como left tackle na poderosa linha ofensiva da Universidade de Wisconsin. Não é o jogador mais forte entre os tackles, mas possui bom trabalho de pés o que ajuda muito na hora de proteger o quarterback. Deve jogar no lado direito da linha quando Bryant McKinnie se aposentar, permitindo que Michael Oher volte a proteger o lado cego de Joe Flacco.

Siga-nos no Twitter @NFLPick6
Visite a primeira Timeline Brasileira do Futebol Americano da NFL no facebook do NFL Pick6

Leave a Comment