NEW ENGLAND PATRIOTS – OFFSEASON 2013

Logo New England Patriots - Futebol Americano NFL Pick6

O que mudou:

  • Sairam: Wes Welker, WR; Danny Woodhead, RB; Aaron Hernandez, TE; Jeff Demps, RB; Spencer Larsen, FB; Donald Thomas, G; Brian Waters, G; Patrick Chung, S
  • Contratados: Tim Tebow, QB; Adrian Wilson, S; Armond Armstead, DT; Tommy Kelly, DT; Danny Amendola, WR; Donald Jones, WR; Michael Jenkins, WR; Lavelle Hawkins, WR; Leon Washington, RB/KR; LeGarrette Blount, RB; Will Svitek, OT
  • Continuaram: Aqib Talib, CB; Kyle Arrington, CB; Marquice Cole, CB; Niko Koutouvides, OLB; Sebastian Vollmer, OT; Julian Edelman, WR
  • Draft:  52. Jamie Collins, DE/OLB, Southern Miss; 59. Aaron Dobson, WR, Marshall; 83. Logan Ryan, CB, Rutgers; 91. Duron Harmon, S, Rutgers; 102. Josh Boyce, WR, TCU; 226. Michael Buchanan, DE/OLB, Illinois; 235. Steve Beauharnais, LB, Rutgers

 

Análise:

Pelo segundo ano consecutivo o New England Patriots enfrentou o Baltimore Ravens na final de conferência, só que desta vez foi Baltimore quem saiu vitorioso do confronto. O Patriots teve uma temporada regular até que tranquila, tirando a péssima derrota para o Arizona Cardinals é claro. Tom Brady ainda está jogando o fino da bola, e deve manter este alto nível por mais alguns anos. Enquanto Brady continuar jogando, o Pats estará sempre os favoritos ao título.

Tim Tebow New England Patriots - Futebol Americano NFL Pick6
Tim Tebow assinou um contrato de dois anos com o New England Patriots. (Joe Robbins | Getty)

Durante esta intertemporada a mídia norte americano não parou de falar que Bill Belichick tinha aversão a Tim Tebow como quarterback, e que o Pats jamais teria interesse nele. Mas Belichick calou toda a mídia quando todas anunciaram que Tebow havia assinado um contrato de dois anos com New England. Acredito que essa parceria seja de muita valia para as duas partes, Tim Tebow terá oportunidade de se aprimorar na posição e vai aprender com um dos melhores de todos os tempos. Já o Pats poderá aproveitar toda a versatilidade de Tebow, pode usar ele como fullback e tight end caso seja necessário. Também pode ajudar a defesa de New England a estudar o tão famoso read-option.

Coisas inesperadas também aconteceram para o Patriots nesta offseason. O tight end titular da equipe, Aaron Hernandez, foi acusado de assassinato e no momento encontra-se atrás das grades. Pelo que se diz por aí, ele teria atirado no garoto Odin Lloyd e depois quebrado todas as câmeras de segurança de sua casa para dificultar a investigação. Por causa dessa história, Hernandez foi dispensado pelo Patriots e não receberá nenhum tostão do contrato que tinha assinado ano passado. Esta é uma grande baixa para o ataque baseado em tight ends de New England, agora é torcer que Rob Gronkowski se recupere o mais rápido possível. O time conta agora com Jake Ballard, Daniel Fells, Michael Hoomanawanui e o novato Brandon Ford, e esse deve ser o grupo que vai começar jogando a temporada.

O Patriots também teve outras perdas significante nesta intertemporada, vários jogadores importantes deixaram a equipe para assinar com outras franquias. Wes Welker resolveu que não iria assinar com New England e fechou um contrato de dois anos com o Denver Broncos. Welker tinha uma química incrível com Tom Brady, e não deve demorar muito para desenvolver uma semelhante com Peyton Manning. O recebedor irá fazer muito falta para o ataque do Patriots. Brady que não deve estar muito feliz com esta notícia. O running back Danny Woodhead também trocou o time, e foi parar no San Diego Chargers. Woodhead é muito versátil e era usado em diversas posições na ofensiva do Pats. Algumas vezes corria com a bola, outros momentos recebia passes. Talvez Shane Vereen seja o sucessor de Woodhead no ataque do Patriots. O safety Patrick Chung foi contratado pelo Philadelphia Eagles, e apesar de ter sido titular da defesa de New England durante bastante tempo não fará muita falta, já que passa mais tempo machucado do que jogando.

O New England Patriots também se fortaleceu, e fez algumas contratações interessantes nesta offseason. O safety Adrian Wilson foi mandado embora do Arizona Cardinals por causa de seu alto salário, e o Patriots não hesitou em contratar a estrela. Wilson foi um dos líderes da secundária do Cardinals durante anos, e vem para exercer o mesmo papel na de New England. Vai assumir o posto deixado por Patrick Chung, o que deve ser uma boa melhoria. Os cornerbacks Aqib Talib e Kyle Arrington retornaram ao time, solidificando a secundária para a próxima temporada.

Sebastian Vollmer, que é considerado um dos melhores right tackles da liga, renovou com o New England e vai continuar protegendo o lado direito de Brady. A linha ofensiva do Patriots continuará estável por mais alguns anos. Para a linha defensiva, o Pats contratou o defensive tackle Tommy Kelly. Apesar de ter tido bons anos pelo Oakland Raiders, Kelly caiu muito de produção nos últimos anos. Espero que respirando novos ares consiga voltar a sua antiga forma. Leon Washignton também chega para se tornar o principal retornador da equipe. Vai ser uma grande melhoria para o time de especialistas de New England, já que Washington é visto como um dos melhores jogadores retornado chutes.

Danny Amendola New England Patriots - Futebol Americano NFL Pick6
Danny Amendola chega com a difícil missão de substituir Wes Welker. (AP)

Para o ataque, New England focou em dar mais qualidade ao grupo de recebedores. Primeiro contrataram Danny Amendola para ser o substituto de Wes Welker. Assim como o ex-jogador do Patriots, Amendola se sobressai jogando no slot, e consegue ganhar jardas depois da recepção. Espera desenvolver uma química tão boa com Tom Brady quanto Welker, e provavelmente será o alvo número 1 do time. Alguns outros wide receivers vieram com a esperança de competir e conquistar uma vaga na equipe, entre eles estão Donald Jones, Michael Jenkins e Lavelle Hawkins. Nenhum dos três jogadores são diferenciados, mas podem funcionar muito bem como quarto ou quinto recebedor, justamente as vagas que vão disputar. Julian Edelman renovou e volta para mais um ano com a equipe.

Belichick tentou mesmo aumentar o número de alvos para Tom Brady. Mesmo com o péssimo histórico em selecionar recebedores no draft, o Pats trouxe dois novatos para o grupo. Aaron Dobson foi escolhido na segunda rodada, e jogou pela Universidade de Marshall. Dobson estava meio escondido dos olheiros, até sua ótima performance durante o sênior bowl. Tem boa combinação entre altura e velocidade, mas é mais conhecido pela sua ótima capacidade de agarrar os passes. Josh Boyce foi selecionado na quarta rodada do draft. É mais rápido que Dobson e durante seu tempo jogando por TCU foi uma máquina de realizar jogadas explosivas. Pode ser usado facilmente como alvo em profundida. Se não fosse por uma série de contusões poderia ter sido selecionado um pouco antes no draft.

Bill Belichick adora defensores versáteis, que podem jogar em mais de uma posição. Isso justifica as escolhas de Jamie Collins na segunda rodada e de Michael Buchanan na sétima. Ambos os jogadores podem exercer tanto a função de defensive end quanto de outside linebacker. Collins jogou pela Universidade de Southern Miss onde foi alocado em várias posições dentro da defesa, inclusive chegou a jogar como safety. Ano passado anotou 10 sacks, justamente na temporada em que foi usado basicamente como defensive end. Michael Buchanan vai se encaixar como uma luva no sistema defensivo híbrido que Bill Belichick usa em New England, já que tem habilidade para atuar tanto no esquema 3-4 como outside linebacker quanto no 4-3 como defensive end. Tem grande facilidade em chegar aos quarterbacks e deve ver seu tempo de jogo principalmente nas situações de terceiras descidas.

Os colegas da Universidade de Rutgers, Logan Ryan e Duron Harmon, foram selecionados na terceira rodada do draft. Bill Belichick adora o programa de Rutgers e sempre seleciona atletas que jogaram por ela. Ryan é um cornerback com bastante habilidade e inteligência, e pode ser usado tanto em um sistema defensivo de zona quanto marcando homem a homem. Foi o destaque defensivo da universidade ano passado. Já Harmon foi o líder da defesa de Rutgers na temporada passada, e também o responsável pela comunicação da secundária durante toda a sua carreira na universidade. Fez parte do primeiro time da All-Big East em 2012.

Siga-nos no Twitter @NFLPick6
Visite a primeira Timeline Brasileira do Futebol Americano da NFL no facebook do NFL Pick6

Leave a Comment