TAMPA BAY BUCCANEERS – OFFSEASON 2013

Logo Tampa Bay Buccaneers - Futebol Americano NFL Pick6

O que mudou:

  • Sairam: Michael Bennett, DE; Roy Miller, DT; LeGarrette Blount, RB; D.J. Ware, RB; Arrelious Benn, WR; Quincy Black, OLB; Jeremy Trueblood, OT; E.J. Biggers, CB
  • Contratados: Darrelle Revis, CB; Dashon Goldson, S; Derek Landri, DT; Andre Neblett, DT; Jonathan Casillas, OLB; Jacob Cutrera, OLB; Gabe Carimi, OT; Kevin Ogletree, WR; Derek Hagan, WR; Jeff Demps, RB; Tom Crabtree, TE; Brian Leonard, FB; Chas Henry, P
  • Draft: 43. Johnthan Banks, CB, Mississippi State; 73. Mike Glennon, QB, N.C. State; 100. Akeem Spence, DT, Illinois; 126. William Gholston, DE, Michigan State; 147. Steven Means, DE, Buffalo; 189. Mike James, RB, Miami

 

Análise:

Josh Freeman Tampa Bay Buccaneers - Futebol Americano NFL Pick6
Será que Josh Freeman consegue dar a volta por cima na próxima temporada? (Ronald Martinez | Getty Images)

Na última temporada o Tampa Bay Buccaneers começou bem, ganhando seis dos dez primeiros jogos, mas depois disso o time descambou e terminou o ano muito mal. No últimos seis jogos o time do Buccaneers ganhou apenas um jogo. O quarterback Josh Freeman foi muito nas primeiras partidas, mas sua produção caiu conforme a temporada ia passando. O time ainda é jovem e com as diversas mudanças que aconteceram nesta offseason Tampa Bay pode surpreender a muitos na próxima temporada.

Tampa Bay Buccaneers investiu pesado na sua secundária nesta offseason. Primeiro contrataram o safety Dashon Goldson para fazer dupla com o segundo anista Mark Barron. Goldson jogou bem pelo San Francisco 49ers e foi eleito all-pro na temporada passada. Junto com Barron pode formar um dos mais promissores par de safeties da NFL. Depois disso, o Bucs trocou sua primeira rodada do draft deste ano com o New York Jets pelo cornerback Darrelle Revis. Revis é um dos melhores jogadores da posição, e o melhor cornerback marcando os recebedores mano a mano, o único problema é que vem de uma contusão grave. Se ele estiver saudável e jogando do mesmo nível de outros anos, vai ser uma das melhores contratações da história de Tampa Bay. É importante ressaltar que Revis renovou o contrato com o Bucs por seis anos no valor de U$96 milhões, sendo que nada desse valor é garantido. O cara realmente confia no seu talento.

A equipe perdeu dois jogadores titulares da sua linha defensiva. Michael Bennett trocou Tampa Bay pelo Seattle e Roy Miller foi para Jacksonville. Enquanto Bennett pressionava muito os quarterbacks rivais, Miller segurava muito bem o jogo corrido. Tampa acredita que Da’Quan Bowers possa melhora sua produção e substituir Bennett. O time contratou Derek Landri do Philadelphia Eagles para assumir mais a função que era de Roy Miller, mas também espera que ele possa ajudar o interior da linha defensiva pressionar o quarterback adversário.

Para o ataque, o Buccaneers também fez alguns investimentos. Trouxe o recebedor Kevin Ogletree para disputar a vaga como terceiro wide receiver da equipe. Contratou o tight end Tom Crabtree, que é mais conhecido por sua habilidade bloqueando do que recebendo passes, apesar de ter sido responsável por algumas jogadas explosivas ano passado jogando pelo Green Bay Packers. Trocou o running back LeGarrette Blount com o New England Patriots pelo também corredor Jeff Demps. Demps participou da equipe olímpica americana que foi medalha de prata no revezamento 4×100 em Londres. Pode dar alguns minutos de descanso para Doug Martin, além de acrescentar velocidade para a equipe quando precisar. O Bucs também fez uma troca com o Chicago Bears, onde mandou escolha de sexta rodada do draft de 2014 pelo ofensive tackle Gabe Carimi. Carimi deve fazer a transição para a parte interna da linha ofensiva, e vai disputar a titularidade como guard.

Darrelle Revis Tampa Bay Buccaneers - Futebol Americano NFL Pick6
Darrelle Revis foi a principal novidade do Tampa Bay Buccaneers nesta intertemporada. (AP Photo | Bill Kostroun)

O Draft de Tampa Bay foi praticamente todo voltado para melhorar o setor defensivo da equipe. Sem uma escolha de primeira rodada por causa da troca de Darrelle Revis, o Buccaneers escolheu o cornerback Johnthan Banks na segunda rodada. Banks já havia sido relacionado com o Bucs desde o começo do ano, e parece que ele realmente agradava a equipe técnica. É um atleta alto para a posição e que costuma jogar fisicamente. Tem grande faro de bola, visto que conseguiu dezesseis interceptações em sua carreira na Universidade de Mississippi State. Vem para fazer uma bela dupla com Revis na secundária do Bucs, e vai melhorar uma das piores secundárias da liga. A linha defensiva também foi prioridade para o time, já que Michael Bennett e Roy Miller farão muita falta. A escolha de quarta rodada foi o defensive tackle Akeem Spence de Illinois. Spence é um atleta muito forte e deve substituir Miller na rotação do time, ajudando a defesa principalmente contra o jogo corrido. Pode eventualmente pressionar o quarterback graças a sua grande velocidade após o snap. Os defensives ends William Gholston e Steven Means foram selecionados na quarta e quinta rodadas respectivamente. Gholston é um jogador com grande envergadura, e tem a tendência de bloquear passes na linha de scrimmage. Computou dez no total durante seu último ano em Michigan State. Pode ser usado tanto do lado direito quanto do lado esquerdo da linha defensiva, já que tem recursos para pressionar o quarterback e não é ruim defendendo o jogo corrido. Já Steve Means é mais atlético e pode ter impacto imediato no time de especialistas, já que tem costume de bloquear chutes.

Na terceira rodada do draft, o Tampa Bay Buccaneers selecionou o quarterback de North Carolina State Mike Glennon. Com Josh Freeman ainda como titular, e melhorando a cada ano, essa escolha se torna um pouco questionável. O braço de Glennon é tido como um dos mais fortes de todo o draft, apesar de ainda deixar muito a desejar no quesito precisão nos passes. Foi muito inconstante em sua carreira por North Carolina, mas mesmo assim Glennon lançou para 7411 jardas durante sua carreira na universidade. Precisa melhorar muito seu poder de decisão, comete alguns erros bobos lendo as jogadas e principalmente quando está muito pressionado. Se começar a acertar mais os seus lançamentos poderá render bons frutos no futuro para o Tampa Bay.

Siga-nos no Twitter @NFLPick6
Visite a primeira Timeline Brasileira do Futebol Americano da NFL no facebook do NFL Pick6

Leave a Comment