PITTSBURGH STEELERS – OFFSEASON 2012

Logo Pittsburgh Steelers Text - Futebol Americano NFL Pick6

O que mudou:

  • Saiu: WR Hines Ward (retirement), NT Chris Hoke (retirement), CB Bryant McFadden, CB William Gay, WR Arnaz Battle, DE/DT Aaron Smith, G Chris Kemoeatu, ILB James Farrior.
  • Continou: LG Ramon Foster, FB David Johnson, WR Jerricho Cotchery, OT Trai Essex, G Doug Legursky, QB Charlie Batch, CB Keenan Lewis, S Ryan Mundy, QB Byron Leftwich.
  • Chegou: TE Leonard Pope.
  • Draft 2012: G David DeCastro, OT Mike Adams, ILB Sean Spence, NT Alameda Ta’amu, RB/KR Chris Rainey, WR Toney Clemons, TE David Paulson, DT Terrence Frederick, G Kelvin Beachum.

 

Análise:

Hines Ward Pittsburgh Steelers - Futebol Americano NFL Pick6
Hines Ward se aposentou depois de 14 temporadas com o Pittsburgh Steelers. (George Gojkovich | Getty Images)

O Pittsburgh Steelers começou essa offseason com o salary cap estourado. Para aliviar o cap, precisou se livrar de alguns contratos cortando alguns veteranos. Entre eles: Bryant McFadden, Arnaz Battle, Aaron Smith, Chris Kemoeatu, James Farrior. Além disso, Hines Ward e Chris Hoke se aposentaram. Graças a um bom trabalho nos drafts e desenvolvimento de jogadores, o Steelers já tem em seu elenco substitutos para algumas destas posições que sofreram baixas.

Acredito que o maior problema do Steelers ano passado foi na linha ofensiva. Max Starks rompeu o tendão na derrota para o Denver Broncos, Chris Kemoeatu foi extremamente inconsistente durante o ano todo. O único nome incontestável dessa linha é o center Maurkice Pouncey. Pensando em fortalecer a proteção para Big Ben, Pittsburgh usou duas suas primeiras escolhas na linha ofensiva. O guard David DeCastro impressionantemente foi escolhido na posição de nº24. DeCastro tem talento para ter sido escolhido entre as 10 primeiras picks do draft. Realmente foi uma surpresa estar disponível no fim da primeira rodada e cair no colo do Steelers. Além disso, trouxeram o tackle Mike Adams na segundada rodada do draft. Adams possui talento de primeira rodada, mas graças alguns problemas extra campo acabou caindo no draft. Acredito que com um locker room tão bom quanto o de Pittsburgh esses defeitos possam ser minimizados. Outra baixa do time foi no jogo corrido. Rashard Mendenhall sofreu uma lesão na semana 17 e não deve se recuperar para o começo da temporada. Pensando em um backup para esta situação, Steelers trouxe o running back Chris Rainey. Rainey vai dividir o trabalho com o veterano Isaac Redman. Além de investir no jogo corrido, Pitssburgh se preocupou com o grupo de tight ends. Leonard Pope e David Paulson vão se juntar a Heat Miller, dando muito mais opções para as jogadas ofensivas.

Mas foi na defesa onde o Pittsburgh Steelers teve as maiores baixas. O nose tackle Casey Hampton está se recuperando de um lesão, e aos 35 anos não deve ser coisa fácil. Além dele, Chris Hoke se aposentou e não irá mais jogar na NFL. O Steelers contando com muita sorte no draft deste ano, escolheu o nose tackle Alameda Ta’amu na quarta rodada. Ta’amu era cogitado para ser selecionado entre a segunda e a terceira rodada. Com Ta’amu, a falta de Hoke não será tão sentida. Para a vaga deixada por James Farrior, o Steelers trouxe pelo draft o inside linebacker Sean Spence. Spence foi um jogador muito produtivo na faculdade de Miami, e deve se adaptar rápido ao jogo de Pittsburgh. O grupo de cornerbacks também foi afetado. Bryant McFadden foi cortado e William Gay trocou o Steelers pelo Cardinals. O Pittsburgh não fez nenhuma contratação para esta posição. Acredito que o time deve estar confiantes no desenvolvimento de Curtis Brown e Cortez Allen, que foram selecionados no draft de 2011.

O Pittsburgh Steelers teve um dos melhores drafts este ano, na minha opinião. Conseguiu achar bons jogadores, em áreas de necessidade. Para a próxima temporada o Steelers vem forte, e com certeza é um dos favoritos na AFC.

Siga-nos no Twitter @NFLPick6
Visite a primeira Timeline Brasileira do Futebol Americano da NFL no facebook do NFL Pick6

Leave a Comment