SAN DIEGO CHARGERS – OFFSEASON 2012

Logo San Diego Chargers Alternativo - Futebol Americano NFL Pick6

O que mudou:

  • Saiu: G Kris Dielman (retirement), OT Marcus McNeill, CB Dante Hughes, WR Vincent Jackson, SS Steve Gregory, QB Billy Volek, RB Mike Tolbert, DeAndre McDaniel,
  • Continou: FB Jacob Hester, OT Brandyn Dombrowski, DE/DT Luis Castillo, NT Antonio Garay, TE Randy McMichael, OT Jared Gaither, TE Kory Sperry, C Nick Hardwick.
  • Chegou: WR Robert Meachem, DE/OLB Jarret Johnson, FB Le’Ron McClain, WR/KR Eddie Royal, QB Charlie Whitehurst, SS Atari Bigby, WR/KR Roscoe Parrish, WR/KR Michael Spurlock, OT Mario Henderson.
  • Draft 2012: DE/OLB Melvin Ingram, DE/DT Kendall Reyes, S Brandon Taylor, TE Ladarius Green, G Johnnie Troutman, C David Molk, RB Edwin Baker.

 

Análise:

Melvin Ingram San Diego Chargers - Futebol Americano NFL Pick6
Melvin Ingram chega no San Diego Chargers para aterrorizar os quarterbacks adversários.

O San Diego Chargers é um dos times mais estranhos da liga. Se você pegar a lista de jogadores vê um monte de talento no elenco, mas parece que o grupo não rende o que poderia. Não sei o que acontece, mas acho que o Head Coach Norv Turner não sabe extrair o melhor do grupo. Aliás tenho minhas dúvidas se o Turner é um bom técnico.

Com a saída do offensive tackle Marcus McNeill (que não consegue ficar saudável) e com a aposentadoria do guard Kris Dielman, o Chargers ficou com um grande buraco na linha ofensiva. A renovação de Jared Gaither, a contratação de Mario Henderson e a escolha de Johnnie Troutman e David Molk no draft serviram para tentar arrumar os problemas da linha. Vamos ver como a proteção se sai com tanta gente nova. Vincent Jackson assinou com o Buccaneers, mas Philip Rivers não precisa se preocupar com a falta de seu principal alvo, o Bolts trouxe Robert Meachem para a posição. Acredito que Meachem unido a Malcom Floyd e Vincent Brown podem formar um bom trio de wide receivers. Mike Tolbert não renovou com o Chargers e foi para Carolina, pensando nisso San Diego contratou o fullback Le’Ron McClain e escolheu no draft o running back Edwin Baker. Baker pode ser um bom backup para Ryan Matthews. Antonio Gates já não é mais jovem e precisa de um sucessor. O tight end Ladarius Green foi escolhido no draft para ser o futuro da franquia na posição.

Na defesa o Chargers deu uma boa turbinada. Trouxeram o outside linebacker Jarret Johnson e draftaram na primeira rodada Melvin Ingram. Para muitos especialistas Ingram era projetado para ser escolhido no TOP10, o Bolts deu muita sorte em escolhe-lo na posição de nº18. Esses dois jogadores junto com a segunda escolha do draft, Kendall Reyes, podem dar uma grande melhorada no pass rush do time. Já na secundária trouxeram os safeties Atari Bigby e Brandon Taylor para jogar ao lado de Eric Weddle. Weddle deve estar muito feliz, estava precisando de uma ajuda na posição. Acho que o único problema de San Diego nessa offseason foi não trazer um cornerback novo. Quentin Jammer vai fazer 33 anos e já não tem mais a mesma velocidade de antes. Agora é torcer para que Marcus Gilchrist dê um grande salto de qualidade no seu segundo ano na liga. O Chargers precisa melhorar a secundária urgentemente para dificultar a vida do Denver broncos e Peyton Manning.

Me parece que a AFC West vai ser muito mais competitiva esse ano. O Kansas City Chiefs e Oakland Raiders deram uma melhorada, mas acredito que a divisão será decidida entre San Diego Chargers e Denver Broncos. Ainda mais agora que o Broncos contratou o Peyton Manning. Vai ser muito divertido ver os dois jogos entre Rivers e Manning nesta temporada.

Siga-nos no Twitter @NFLPick6
Visite a primeira Timeline Brasileira do Futebol Americano da NFL no facebook do NFL Pick6

Leave a Comment