DALLAS COWBOYS – OFFSEASON 2012

Logo Dallas Cowboys Text Cinza - Futebol Americano NFL Pick6

O que mudou:

  • Saiu: OT Marc Colombo (retirement), ILB Bradie James, CB Terence Newman, FB Tony Fiammetta, G Kyle Kosier, WR Laurent Robinson, TE Martellus Bennett, K David Buehler.
  • Continou: WR Kevin Ogletree.
  • Chegou: CB Brandon Carr, QB Kyle Orton, FB Lawrence Vickers, S Brodney Pool, ILB Dan Connor, QB Rudy Carpenter.
  • Draft 2012: CB Morris Claiborne, DE/DT Tyrone Crawford, OLB Kyle Wilber, S Matt Johnson, WR/P Danny Coale, TE James Hanna, ILB Caleb McSurdy.

 

Análise:

Brandon Carr Dallas Cowboys - Futebol Americano NFL Pick6
Com a chegada de Brandon Carr e Morris Claiborne a secundária do Dallas Cowboys pode sofrer uma reviravolta? (Harry How | Getty Images)

O Dallas Cowboys fez um offseason muito interessante. Fez uma reformulação total da secundária, com toda certeza a area mais fraca da defesa. No draft realizou uma troca com o St. Louis Rams pela escolha de nº6 para selecionar o cornerback de LSU Morris Claiborne. Claiborne é visto como o melhor jogador na posição em todo o draft. Além do cornerback de LSU, o Cowboys assinou com Brandon Carr, ex-Chiefs. Carr na minha opinião está entre os melhores defensives backs da liga. Também trouxe o safety Brodney Pool para completar as mudanças. A secundária do Cowboys deu um grande upgrade em relação a útlima temporada, vai ser uma das melhores da liga. E os torcedores dos Boys não vão mais precisar ver o inconstante Mike Jenkins em ação. Aliás, Dallas pretende envolve-lo em alguma troca. Na linha defensiva achei que o Cowboys focou pouco, draftando apenas Tyrone Crawford. Penso que faltou um nose tackle para poder dar um descanso ao Jay Ratliff, podendo também usar ele como defensive end em alguns momentos.

No ataque a grande questão do Dallas Cowboys é em relação a linha ofensiva. As posições de tackle estão muito bem com Tyron Smith e Doug Free, mas o center e a dupla de guards podiam ser melhoradas. O center Phil Costa jogou muito mal essa temporada. Fez alguns erros grotescos, principamente erros de snaps. Outro motivo para melhorar a proteção é que Tony Romo tem perdido muitos jogos com contusões nas últimas temporadas. Martellus Bennett não foi uma grande perda para o Cowboys já que nunca jogou aquilo que se esperava dele. Para a posição draftou o tight end de Oklahoma James Hanna. Hanna impressionou no combine por ser o TE mais rápido do draft. Acredito que ele vá fazer uma boa dupla com Jason Witten. Na minha opinião a grande perda no ataque foi o wide receiver Laurent Robinson que deixou Dallas para se juntar ao Jaguars. Esse ano foi o primeiro que Robinson jogou a temporada toda, e foi muito bem por sinal. 858 jardas e 11 TDs é uma boa marca. Mas o Cowboys pode ter algum wild card entre os jogadores do elenco na posição. Kevin Ogletree, Dwyane Harris e mesmo o rookie Danny Coale podem aparecer como boas opções para o Tony Romo. Um ponto interessante é o que o kicker Dan Bailey foi tão bem na sua primeira temporada na NFL que o Dallas dispensou David Buehler.

O Cowboys tem um bom time, o grupo de recebedores é muito bom. A defesa fez um belo upgrade. Mas não sei se conseguem ir muito longe nos playoffs. Tony Romo é muito incostante. Não é Clutch, e costuma entregar nos momentos decisivos. Vamos ver se ele quebra esse fama e consegue levar o Boys longe nesta temporada. Time pra isso tem.

Siga-nos no Twitter @NFLPick6
Visite a primeira Timeline Brasileira do Futebol Americano da NFL no facebook do NFL Pick6

Leave a Comment